O que você está procurando?

Como conquistar liberdade financeira?

7 de março de 2022
Blog image

Já imaginou fazer uma viagem para qualquer lugar do mundo sem precisar se preocupar com o quanto vai gastar? Pois esse e outros sonhos podem ser conquistados com a liberdade financeira. Mas o que fazer para chegar lá? 

Com o avanço das plataformas digitais, muitas pessoas começaram a ter acesso a conteúdos mais aprofundados sobre investimentos. Assim, perceberam que o tema - antigamente tratado de forma mais complexa - não é um bicho de sete cabeças. Há opções que podem trazer uma boa rentabilidade, trazendo resultados mais rápidos. 

Entretanto, é preciso ter muita disciplina, além de estudar bastante, antes de começar a fazer qualquer tipo de aplicação. Para ajudar nessa jornada, preparamos a seguir um passo a passo de como chegar nesse objetivo. Boa leitura!

Foco na missão

O primeiro passo que você precisa dar é entender o seu gasto mensal. Afinal, é a partir disso que você vai saber o quanto sobra (ou o quanto não sobra) quando terminar de pagar todas as contas. Caso você tenha dívidas, foque em quitá-las o mais rápido possível. Isso é essencial para a sua liberdade financeira. 

Especialistas indicam que o ideal é que você reserve entre 20 e 30% da sua renda mensal para fazer investimentos pensando no futuro. Se este não é o seu caso, comece a ter isso como um dos primeiros objetivos. Afinal, quanto mais você guardar, mais rápido vai chegar onde deseja. 

Existem alguns métodos que podem ajudar, como o “50/30/20”. Com ele você pode organizar o orçamento de maneira mais estruturada, além de pagar dívidas e, ainda, guardar uma parte para o seu objetivo. 

Planejamento financeiro

Para atingir a independência financeira é preciso fazer um planejamento com objetivo claro. Por exemplo: com qual idade você quer parar de trabalhar? Além disso: qual a renda mensal que você gostaria de ter quando isso acontecer? Todas essas respostas serão cruciais para montar o seu planejamento financeiro.

Ao estabelecer essas respostas, a próxima pergunta é: como vou chegar neste objetivo e o que posso fazer para realizá-lo? Observe a sua renda atual e veja como otimizar os custos. Olhe para suas contas do mês e avalie qual delas pode ser dispensada ou reduzida, como telefone, internet, TV a cabo, entre outros. 

Depois, monte uma planilha de controle financeiro com todas as suas contas fixas. Além disso, estabeleça limites para gastos como supermercado, farmácia, combustível, restaurantes, entre outros. Esse controle pode ser feito diretamente no arquivo. 

Porém, se você não tem disciplina, aposte nos diversos aplicativos que integram gastos tanto de conta corrente, quanto de cartão de crédito. Há opções que automatizam as saídas de dinheiro a cada transação que você faz. Por fim, estabeleça o quanto você precisa poupar por mês para investir.  

Mude alguns hábitos

Muitas vezes as pessoas nem percebem que os hábitos de rotina podem diluir boa parte do salário do mês. Por exemplo: se você costuma pedir delivery de comida 3 vezes por semana, que tal diminuir para apenas 1 vez? Substitua por opções mais acessíveis e práticas no supermercado para fazer em casa.

Outro fator que pode prejudicar a sua renda são os serviços de assinatura, como os de streaming. Atualmente, há várias opções. Se você assina mais de um, avalie se realmente vale a pena. O impulso de compras é outro hábito prejudicial. Sempre se pergunte, antes de comprar algo mais caro, se você realmente precisa daquilo naquele momento como: um carro, uma TV, um celular, entre outros. Com pequenos passos, você vai mais longe. 

Busque alternativas de renda

Uma das coisas que ajuda a acelerar o seu objetivo é procurar novos jeitos de ganhar dinheiro. Tente encontrar alguma coisa que complemente a sua renda mensal. Use parte do seu tempo livre para investir em atividades extras. Se você tem talento para cozinhar, que tal começar a vender marmitinhas ou fazer doces por encomenda? Separamos abaixo algumas ideias: 

  • Dê aulas de idioma;
  • Ofereça consultoria na sua área profissional;
  • Faça artesanatos;
  • Revenda produtos;
  • Alugue quartos vazios da casa;
  • Customize roupas;
  • Faça freelancer de texto ou design;
  • Ministre cursos;
  • Teste produtos;
  • Responda pesquisas;

Procure bons investimentos

Não há como acelerar a sua liberdade financeira sem diversificar os seus investimentos. Utilize o tempo a seu favor e procure opções que tragam uma rentabilidade melhor. Atualmente há diversos serviços no mercado que podem ajudar nesse sentido, desde Fundos Imobiliários e ações na Bolsa de Valores até aplicações em renda fixa, como CDB e Tesouro Direto. 

Porém, um ponto importante é estudar bastante antes de começar esses investimentos, principalmente se você não entende bem sobre o assunto. Uma das principais coisas é saber qual o seu perfil de investidor: conservador, moderado ou agressivo. Isso pode mostrar até que ponto você está disposto a se expor para ter bons lucros, ou seja, quais riscos aceita correr para isso.

Conquistar a liberdade financeira requer alguns sacrifícios ao longo do tempo, principalmente abrir mão de vários luxos nessa jornada. Dois grandes segredos são a disciplina e a mentalidade, pois são elas que levarão você ao sucesso desses objetivos. Que tal começar hoje mesmo? 

Categorias:

Consórcio

Compartilhe:
Facebook logo

Última notícias

Última notícias