O que você está procurando?

Como funciona a desistência de consórcio?

18 de janeiro de 2022
Blog image

Ao iniciar um consórcio, com certeza o seu maior intuito é realizar um sonho com mais planejamento, tranquilidade e sem burocracia. Mas, às vezes, os planos mudam de uma hora para outra e a desistência de consórcio parece ser a única saída para aliviar as contas.

Por isso, é super importante que você saiba como funciona todo o processo de desistência, quais as maneiras de cancelar o consórcio, se existe reembolso e quais alternativas podem ser utilizadas para evitar desistir do plano.

Para saber de tudo isso e muito mais, continue a leitura deste artigo!

Formas de efetuar uma desistência

Abrir mão do consórcio é uma maneira radical que você pode adotar caso a sua vida financeira não esteja positiva. Sendo necessário, é importante saber o que rege o cancelamento ou desistência do consórcio.

Ela pode ser feita de diferentes formas, que dependem da sua situação dentro do grupo e, também, da realidade financeira que está vivendo. Confira como efetuar uma desistência de consórcio e escolha qual é a melhor para o seu contexto.

Até 7 dias depois da contratação

De acordo com o Código de Defesa de Consumidor você pode desistir do seu contrato até sete dias depois da contratação do serviço, sem maiores problemas. O que acontece é que o seu contrato é anulado e, caso já tenha sido investido alguma quantia, a administradora devolve o valor.

É preciso ter cuidado: a anulação e devolução só poderá valer caso você tenha assinado o contrato fora da sede da administradora do consórcio — de forma online, por exemplo. Essa condição só é possível porque a lei do consumidor vale apenas para aquisições firmadas longe do produto. 

Cancelamento

O cancelamento é a desistência solicitada enquanto o consórcio está sendo pago. É interpretado como uma quebra de consórcio, por isso, não é possível reembolsar todo o valor aplicado até aquele momento e você corre o risco de pagar uma multa.

Quando o processo é finalizado, você recebe uma carta informando sobre a liberação da quantia e os processos para retirada do valor. Então, sempre mantenha seus dados atualizados e, em caso de dúvidas sobre o cancelamento, entre em contato com a administradora.

Inadimplência

A inadimplência é um dos maiores causadores de desistência de consórcio. Quando você não efetua o pagamento de mais de duas parcelas, a administradora pode cancelar o seu consórcio e retirar a sua cota do grupo e sistema.

Nesse caso, apesar de ser bastante simples, será entendida também como quebra de contrato. Com a quebra, você terá que arcar com o valor da multa aplicada e com as mensalidades que ainda estão em aberto.

Desistência depois da contemplação

Um dos casos mais comuns de desistência são os de pessoas que abrem mão do consórcio mesmo após a contemplação. É importante destacar que, caso a desistência venha depois da contemplação e compra do bem, nada poderá ser feito.

Justamente por informar sobre a obrigação de manter os pagamentos em dia, ao desfrutar do bem, não há muito que a administradora possa fazer. Mas, caso você tenha desistido do consórcio com a cota sem ter sido utilizada, é possível realizar um processo chamado descontemplação.

O que acontece é que a administradora se torna responsável pela cota e procura um comprador que deseja adquirir um bem pelo consórcio sem ter que arcar com juros ou valor de entrada.

Recebendo o reembolso

Quando há uma desistência de consórcio, você tem direito à restituição dos valores investidos até aquele momento. Mas não se esqueça que, dentro de cada parcela, você custeava algumas taxas e o que for relativo a elas não será devolvido.

Por exemplo, toda a quantia destinada para a taxa de administração ficará para a empresa, como pagamento pelos serviços prestados até aquele momento. O percentual que será devolvido para você é calculado de acordo com diversos fatores que influenciam o seu contrato, principalmente o valor do consórcio no total.

Alternativas para não desistir do consórcio

Esse crédito foi feito para realizar os seus sonhos, não para adiá-los. Por isso, queremos te mostrar algumas alternativas que podem ser feitas para não perder seu investimento e ficar mais perto do seu sonho. Confira!

Transferir cota

Caso você tenha sido contemplado, mas não queira arcar com o consórcio, é possível transferir a cota para outra pessoa. Essa transferência pode ser feita de forma independente ou com a ajuda da sua administradora e serve para cotas contempladas e não contempladas.

Ao comprar um consórcio em andamento, o novo titular terá que arcar com todos os gastos e honrar os pagamentos mensais.

No caso da cota contemplada, é preciso indicar uma pessoa que esteja interessada, trazer garantias e ter um bom percentual do crédito solicitado já quitado. Isso acontece porque a administradora não quer prejudicar o seu antigo grupo e nem atrasar a contemplação de ninguém.

Já para quem ainda não foi contemplado, é possível transferir a titularidade e parcelas para outra pessoa interessada. Escolha alguém de confiança para assumir o consórcio e que seja bastante responsável para não ser um problema para a administradora.

Negociar valores

Antes de efetuar a desistência de consórcio, conversar com a administradora pode ser uma ótima maneira de manter o seu plano ativo sem abrir mão do seu sonho.

Por ser um crédito muito democrático, as empresas estão abertas a reajuste de valor de parcela ou quantidade de prestações. Entre em contato com a sua administradora e converse sobre uma alternativa para manter o seu consórcio! 

Contratar o seguro de consórcio

O seguro de consórcio é aquela solução super confiável de garantir que as parcelas  estejam em dia. O seguro é uma proteção para você e para o seu plano, já que esse tipo de serviço te ajuda em caso de morte, invalidez e desemprego, por até 6 meses as parcelas estão garantidas.

Além de compensar fazer o consórcio, o seguro traz garantias únicas e ainda te ajuda nos momentos mais difíceis da sua vida financeira.

Agora que você já sabe como funciona a desistência de consórcio e descobriu outras saídas para não abrir mão do seu sonho, converse com a sua administradora e planeje os seus objetivos com calma!

Categorias:

Consórcio

Compartilhe:
Facebook logo

Últimas notícias

Últimas notícias