O que você está procurando?

O que é fundo de aquisição ou fundo comum no consórcio?

28 de outubro de 2021
Blog image

A realização de grandes objetivos, muitas vezes, acaba sendo deixada de lado por problemas financeiros. Afinal, não é fácil conseguir juntar uma quantia significativa de dinheiro para comprar uma casa própria, por exemplo. Uma alternativa para quem passa por isso é contar com o consórcio. Por meio do fundo comum ou fundo de aquisição, fica mais fácil alcançar até os mais altos sonhos. 

Por isso, para tirar todas as suas dúvidas sobre como funciona um consórcio e o que é o fundo comum, preparamos esse conteúdo muito especial. Além disso, você também conhecerá aqui outras partes, fundos e taxas que compõem um consórcio. Então agora confira o artigo e boa leitura!

Como funciona um grupo de consórcio?

Para falarmos sobre o fundo comum, precisamos entender primeiro o funcionamento dos consórcios. Essa modalidade de crédito é, ao mesmo tempo, um processo de autofinanciamento e uma compra coletiva.

Apesar de parecerem antagonistas, essas definições se justificam, pois o consórcio funciona a partir da formação de um grupo onde pessoas com um mesmo objetivo se reúnem a fim de obter um determinado bem ou serviço.

Digamos que o seu objetivo seja comprar um carro zero. Para isso, você então procura um banco para dar início em um consórcio. Após conhecer detalhes como o tempo de duração do consórcio, o valor relativo às parcelas e todas as outras taxas, você decide fechar o negócio.

O banco então irá tomar as providências e você será adicionado ao grupo de consórcio com outras pessoas que também procuraram a instituição para adquirir um carro. A partir daí, com tudo certo, o grupo de consórcio tem início e os participantes começam a realizar os pagamentos mensais conforme definido em contrato.

De modo a reunir o montante necessário para custear todos os bens, os valores são destinados a um único fundo, uma espécie de poupança que reúne os pagamentos de todos os membros do grupo. A duração do grupo de consórcio será equivalente ao número de parcelas, portanto, quando todos os membros do consórcio finalizarem os pagamentos, o grupo pode chegar ao fim. 

O que é o fundo comum?

Também conhecido como fundo de aquisição, o fundo comum é a poupança coletiva que irá subsidiar a aquisição dos bens para os membros do consórcio. Seguindo o exemplo anterior, o fundo comum é o caixa que acumulará a receita que permitirá a compra dos carros de cada participante do consórcio.

Portanto, quando chegar a sua vez de ser contemplado, saiba que o dinheiro para comprar seu carro estará saindo do fundo comum, que você e os outros consorciados ajudaram a abastecer.

É por conta disso que o consórcio é definido como um processo de poupança coletiva, afinal, todos os participantes do grupo contribuem e usufruem. Porém, justamente por cada membro pagar o equivalente ao valor solicitado, o consórcio pode ser considerado um meio de autofinanciamento. Isso porque, mês a mês, você irá pagar pelo bem que escolheu consorciar.

Se algum membro do grupo desistir do consórcio enquanto ele estiver em andamento, o participante poderá ter a restituição do dinheiro fornecido ao fundo comum.

O que mais compõe um consórcio?

Uma das grandes vantagens do consórcio em comparação a outras modalidades de crédito está nos juros e taxas da modalidade. Isso só acontece pois o consórcio não apresenta juros adicionais às parcelas e também não requer valor algum como entrada.

Desse modo, para compensar essas ausências, existem algumas taxas que são cobradas para garantir o melhor funcionamento do grupo e para sustentar a instituição financeira. Mas isso não é motivo para preocupação!

As concessionárias costumam cobrar valores porcentuais baixos nessas taxas e serviços. Conheça algumas das taxas e serviços cobrados pelas instituições financeiras além do fundo comum:

seguro;

taxa de administração;

fundo de reserva;

contemplação.

Veja detalhes sobre cada um:

Seguro

O pagamento e adesão de algum seguro não é uma obrigatoriedade imposta pelos bancos ou concessionárias. Geralmente, as instituições oferecem ao consorciado a opção de contar com algum seguro de vida ou seguro por invalidez para que, em qualquer eventualidade, algum dependente do consorciado possa ser beneficiado.

Taxa de Administração

A taxa de administração é um valor cobrado para suprir as despesas da concessionária. Afinal, existem profissionais muito capacitados que irão acompanhar de perto o funcionamento e o andamento do grupo, além de outras despesas internas. 

Esse valor não tem nada a ver com os juros cobrados no empréstimo e no financiamento. Porém, saiba que o valor da taxa de administração varia de uma instituição para outra, mas todas realizam a cobrança.

Como um dos principais benefícios do consórcio é a ausência de valores adicionais às prestações, você também precisa ficar atento ao valor cobrado na hora de assinar o seu contrato. Se a taxa de administração for muito alta, poderá acabar comprometendo o seu planejamento financeiro. 

Fundo de Reserva

O fundo de reserva é um valor que os consorciados devem pagar para garantir o funcionamento do consórcio em caso de algum imprevisto. Por exemplo, se algum membro do consórcio se tornar inadimplente, o fundo de reserva poderá ser usado para cobrir o prejuízo sem que seja preciso paralisar o andamento do grupo. 

Contemplação

A contemplação é a parte mais esperada de todo consórcio. Quando você assina o contrato, toma ciência de que a contemplação ocorrerá ao fim do pagamento das parcelas. Mas, como uma maneira de adiantar essa concessão, as instituições realizam sorteios e permitem que os consorciados deem lances durante as assembleias para obter antecipadamente a sua carta de crédito. 

Para isso você não precisa pagar nenhum centavo a mais do que está definido no contrato. Durante a oferta de lance, o que o consorciado faz é adiantar o pagamento de algumas prestações. No sorteio, apenas recebe o benefício. Em ambos os casos, é obrigatório continuar pagando o valor das prestações até o fim do consórcio.

E então, viu só como o funcionamento do grupo de consórcio e do fundo comum não são tão complicados? Agora é só se planejar e ir atrás do seu tão sonhado objetivo!

Categorias:

Consórcio

Compartilhe:
Facebook logo

Última notícias

Última notícias