O que você está procurando?

Vale a pena financiar apartamento?

28 de outubro de 2021
Blog image

Na hora de comprar uma casa, todas as possibilidades devem ser analisadas. Afinal, esse é um momento muito importante da sua vida e com certeza fará diferença no seu futuro e em todos os seus planos. Por isso, se quer saber se vale a pena financiar um apartamento, esse artigo foi feito para você!

Aqui você vai saber tudo o que envolve o financiamento de um apartamento, como funciona a solicitação e a liberação do valor necessário para comprar o imóvel. Além disso, vamos te explicar como sair do aluguel por outro tipo de crédito pessoal que pode ser mais vantajoso para o seu bolso. Acompanhe este conteúdo e boa leitura!

Financiamento de apartamento: O que é?

O financiamento é um crédito pessoal oferecido por bancos e instituições financeiras que ajudam a realizar a compra de diversos bens, incluindo vários tipos de apartamentos. Essa é uma alternativa para quem precisa de uma boa quantia, com certa urgência, e não vê problema em pagar juros para ter o valor mais depressa.

Esse modelo de compra é bastante comum e diversas imobiliárias e construtoras costumam trabalhar com essa forma de pagamento. No financiamento, quem compra o seu apartamento é o banco que você escolheu para fechar o negócio, sendo que as parcelas são uma forma de devolver a quantia investida pela instituição na compra do imóvel.

Como é o seu funcionamento?

Mas, assim como todos os modelos de crédito pessoal, o financiamento possui regras próprias e um funcionamento que envolve algumas etapas muito importantes para dar andamento à compra do seu apartamento dos sonhos. Conheça cada uma delas a seguir:

Solicitação

A primeira etapa para financiar o seu apartamento está em realizar uma solicitação de crédito com o banco. Essa solicitação pode ser feita pelo site, agência e até pelo aplicativo, onde já é possível solicitar um financiamento completo. Ou seja, ao escolher a sua instituição de confiança, entre em contato para solicitar o seu crédito.

Nessa solicitação você deve informar os valores que serão necessários para arcar com os custos do seu novo imóvel. Se possível, inclua toda a quantia para a compra do apartamento, organização de documentos e certidões e outros gastos que essa operação geralmente tem.

Análise de crédito

Esse formulário para solicitação de financiamento também pede outras informações mais pessoais. Número de RG e CPF, comprovante de residência e renda são alguns documentos requisitados para que seja possível passar para outra fase, a análise de crédito.

A análise de crédito é uma alternativa que as instituições financeiras encontram para evitar inadimplências, pois ela é uma avaliação de toda a sua vida financeira. O banco consulta seus dados para saber como anda a sua situação econômica, se há alguma dívida em aberto e saber se existe um relacionamento prévio entre vocês.

Sendo assim, caso você esteja negativado, automaticamente a sua solicitação é negada e não será possível dar continuidade ao financiamento do seu apartamento.

Liberação do valor

Solicitação e análise de crédito aprovadas, chegou a hora de resolver todas as etapas de divisão dos prazos e parcelas para pagamento. Mas, antes de ter o valor liberado, é preciso custear uma tarifa chamada de entrada.

A entrada não tem um valor fixo, pois depende do valor total do bem. Desse modo, você pagará 20% do valor do seu apartamento antes de receber o crédito solicitado. Nesse caso, ficaria financiado 80% do seu apartamento e, caso o pagamento da entrada não seja realizado, o financiamento também não irá para frente.

Com tudo acertado, finalmente chegou a hora da compra do seu apartamento! Lembre-se que é você que escolhe qual o imóvel que deseja comprar. Quantidade de quartos, região e andar do apartamento não interferem em nada no financiamento.

Qual outro tipo de crédito posso escolher para comprar o meu apartamento?

Se você ainda não tomou sua decisão e não sabe se o financiamento vale a pena para os seus planos, já pensou em contar com o consórcio imobiliário? O consórcio é um outro tipo de crédito que trabalha com um sistema que opera como uma poupança em grupo e pode ser um ótimo aliado dos seus planos e planejamentos futuros. 

Também praticado por diversas administradoras e até bancos de renome, como o Itaú, o consórcio é uma das maneiras mais econômicas de alcançar um grande objetivo. Tudo isso porque é possível contratar esse crédito sem precisar apresentar valor de entrada e nem se preocupar com juros nas parcelas.

O consórcio trabalha com uma carta de crédito que te dá muito poder de compra, permitindo a negociação das melhores ofertas e de ainda poder alcançar bons benefícios.

Vale a pena financiar um apartamento?

Diante de tudo isso, será que vale a pena financiar um apartamento? A resposta é que depende das suas necessidades! Se você precisa urgentemente de um novo lugar para morar, quer um cantinho só seu e não se importa de pagar juros, o financiamento pode te ajudar.

Mas, se você prefere se organizar e planejar a compra do melhor apartamento, em uma localização que sempre sonhou, com um preço mais acessível aos seus planos, o consórcio te atenderá muito bem em todos esses quesitos.

Por isso, avalie se vale a pena financiar ou consorciar um apartamento e reflita sobre todas as questões que regem as suas finanças. Gostou desse artigo? Continue em nosso blog e saiba mais sobre como reformar uma casa!

Categorias:

Meu Imóvel

Compartilhe:
Facebook logo

Última notícias

Última notícias